Escolha uma Página

O tempo do futebol passou para você?

Tudo tem seu tempo Na vida é muito importante ter a noção clara do tempo que estamos vivendo. Em Eclesiastes capítulo 3 existe um conceito que me ajudou muito a refletir sobre minha caminhada e sobre as escolhas que teria ao longo da vida. Sobrevoando este...

ler mais

Como atrair sua chance no futebol?

Como posso ter uma oportunidade? Essa é uma das mais recorrentes perguntas que respondo diariamente. Tenho chance ainda? Não adianta você ficar aí se lamentando e chorando. A oportunidade é escassa mesmo. Estamos falando de uma profissão que 60.000 assistem e apenas...

ler mais

5 erros do Neymar

1- Escolher com prioridade na parte financeira. No caso do Neymar, dinheiro não é o problema. O fato é que ele se aproximou de uma quantia de dinheiro maior, entrando na historia como o atleta mais caro, no entanto, se distanciou da alegria contagiante de uma cidade...

ler mais

Tenho chance de ser jogador de futebol?

Muito se fala em realização de sonhos nesse mundo que estamos vivendo. Existe muitas frases de efeito e uma parcela enorme de estratégias que são vendidas no intuito de proporcionar transformação. No futebol não é diferente. O esporte possui uma centena de fórmulas de...

ler mais

Tenho medo de jogar futebol quando o jogo é valendo!

A pelada com seus amigos está rolando e você está se divertindo! Vários dribles, passes, risadas e alegria! Seu rendimento nas alturas e sua confiança inabalável. Neste pequeno jogo sua preocupação é apenas uma: diversão, brincadeira, curtir o momento. Suas...

ler mais

Transforme seu rival em um parceiro

Uma das experiências mais importantes da minha vida e que trouxeram mais frutos foi transformar aparentes concorrentes em parceiros. Foi promover a transformação de um possível inimigo e rival em um companheiro e cooperador. O que aconteceu? PRODUTIVIDADE! Sabe por...

ler mais

Um troféu para o Sidão

No momento fala-se muito sobre o comportamento do Neymar. Que o atleta deveria ter outro tipo de conduta, na qual, em alguns casos até concordo. Mas o ocorrido com o Sidão neste último domingo traz à tona com mais profundidade o que tenho falado nos últimos anos. O...

ler mais

Liverpool, Tottenham e Fluminense. Você pode virar o jogo!

Em uma semana cheia de viradas e supostos milagres não podemos falar mais nada a não ser que o futebol é um dos esportes que mais nos emocionam, e por que não, mais nos ensinam. Na vida, às vezes a gente começa levando um 3x0 e acaba desanimando, mas o Fluminense...

ler mais

5 alimentos que eliminei da minha vida

Como atleta profissional de futebol tive que desenvolver ao longo da vida uma consciência nutricional. Para começar a ter um estilo de vida mais saudável eliminei 5 alimentos e a partir disso comecei a desenhar uma nova consciência e um novo comportamento alimentar. ler mais

6 dicas para quem mora em uma cidade pequena

Morar em cidade pequena pode ser difícil, mas não pode te afastar do sonho ou então frustrar suas esperanças. O fato é que o problema precisa ser tratado não como um obstáculo, mas como um desafio a ser superado. Pra fazer isso? Somente focando nas soluções e não nos impedimentos. ler mais

Padrão mental

O homem maduro é também mais produtivo porque aprendeu a extrair o melhor de si mesmo diante das circunstâncias mais difíceis. Produtividade e alta performance são especialidades de seres humanos evoluídos mentalmente e que conseguem crescer com os erros. ler mais

O fim do “moleque” Neymar

Depois de ler, ver muitos vídeos e críticas precisava sentar e refletir sobre tudo isso. Falar o que sinto como jogador de futebol ao ler e reler sobre o fim do moleque Neymar. Sou fã do jogador Neymar. Alegro-me na beleza de cada lance e na plasticidade do seu jogo....

ler mais

O medo te atrapalha?

Você se sente limitado pelos medos? Na pelada é o melhor em campo, mas quando tem jogo oficial seu talento desaparece? Eu sei muito bem o que é isso! Eu sou atleta profissional há mais de 13 anos e desde dos 11 anos de idade estou envolvido com o futebol, disputando...

ler mais

5 estratégias para vencer os medos

  Semana passada escrevi um texto na page do Facebook "quero ser jogador" falando sobre o medo e as consequências negativas na performance esportiva e no desempenho individual no futebol. A repercussão foi muito grande e li todos os comentários atentamente para...

ler mais

Dificuldades para superar problemas?

Fala craque! Voce que ainda não me conhece, sou atleta profissional há mais de 13 anos. Atualmente jogo em Hong Kong na China e gostaria de compartilhar um segredo muito especial com você que deseja vencer na vida. Quando cheguei em Hong Kong há 5 anos atrás eu e...

ler mais

Vença as dificuldades no futebol

As dificuldades para ser um atleta profissional parecem um gigante impossível de ser vencido? Para mim também parecia! Quando adolescente eu vivia um grande paradoxo. Sonhava em ser um jogador profissional de futebol e isso era maravilhoso. As vezes perdia o sono...

ler mais

Carlos Augusto Bertoldi é atleta profissional de futebol. Desde criança sabia que seu destino era jogar profissionalmente. Para isso não mediu esforços e distâncias.

Começou no futsal onde cresceu, desenvolveu e deu seus primeiros passos até ingressar no Atlético Paranaense no ano 2000 na categoria ainda infantil. No clube se tornou profissional em 2005 quando estreou sendo campeão paranaense e vice da Libertadores. No Sport Recife se tornou ídolo e referência de um time que foi bi-campeão pernambucano e obteve um acesso para serie A. Em 2008 o Náutico fez um esforço e mesmo com um pouco de polêmica, trocou de endereço para defender as cores do alvirubro. Um paulistão pelo Ituano em 2009 e o retorno ao nordeste para o Fortaleza marcaram o ano de 2009, onde se sagraria campeão cearense em 2010.

Com passagens no Olympiacos Volos da Grécia em 2011 e Pelotas em 2012, foi o melhor jogador do ano no clube do extremo sul do Brasil, eleito pela torcida.

Chegou em Hong Kong em julho de 2012 e foi campeão da liga nacional em 2012-2013 e de duas importantes copas no país.

Em 2015 retornou ao Brasil para atuar no luverdense e no mesmo ano teve que enfrentar o maior desafio de sua carreira. A descoberta de uma lesão de quadril e um péssimo diagnóstico fizeram com que encerrasse a carreira aos 30 anos de idade.

Enquanto se recuperava da cirurgia decidiu investir em conhecimento, se formando especialista em comportamento humano e em coaching, uma ferramenta da inteligência emocional.

Em 2016 decidiu contrariar diagnósticos e aplicar em sua própria existência a força da esperança. O resultado foi o retorno aos gramados em agosto.

De contrato renovado até maio de 2018 com o KMB Yuen Long fc de Hong Kong, mora com sua esposa Márcia e seu pequeno craque João Pedro.

Entre em Contato

13 + 7 =