Escolha uma Página

Fala Craque! Tenho certeza que você já ouviu falar que é preciso perseverar ou insistir para vencer na vida. Hoje queria explicar para você a enorme diferença que existe entre estas duas realidades. Perseverar é continuar e permanecer acreditando mesmo diante das derrotas e aparentes fracassos. O perseverante, no entanto, aprende com os erros, filtra suas emoções e muda as estratégias, buscando evoluções que promovem reflexões. Os insistentes não mudam absolutamente nada nunca. Apenas continuam batendo na mesma tecla insistentemente. Querem resultados diferentes, fazendo sempre as mesmas coisas. 

Diante da derrota não conseguem refletir seus próprios defeitos e analisar possíveis erros de estratégia e comportamento. O insistente está congelado e engessado no seu próprio mundo. Está inflexível as percepções de maneira que a culpa é sempre dos outros. Do treinador, do esquema, da máfia, dos empresários, do observador, etc…


Os atletas de alto nível são perseverantes e estão em um processo de desenvolvimento eterno que os leva a continuar acreditando porque na verdade estão em processo de crescimento. O Cafu, por exemplo, quando foi fazer sua oitava peneira no São Paulo certamente estava perseverando, não insistindo.


Você acha que o Neymar está vivendo este sucesso todo em sua carreira porque ficou insistindo ou perseverando? É claro que ele é o resultado de quem cresceu, desenvolveu, aprendeu com erros, mudou estratégias, filtrou as derrotas e alcançou resultados.
Se eu estivesse somente insistindo teria reprovado novamente quando encarei a terceira peneira que realizei. 


Os campeões não insistem, eles perseveram.
E você? Está insistindo ou perseverando?

Deus abençoe! TICÃO